Serviços

Para um paciente que precisa de cuidados médicos específicos, estar em um ambiente acolhedor e tranquilo compreende uma parte importante do tratamento. Se esse local for sua casa, cercado com os cuidados de pessoas comprometidas com sua recuperação, melhor ainda!

A Integral Saúde está atenta aos cuidados específicos de que este paciente pode precisar fora do hospital, dependendo do seu estado clínico.

  • Gerenciamento de Crônicos

    Para evitar idas desnecessárias dos pacientes que possuem comorbidades (diabetes, hipertensão arterial severa, DPOC, obesidade mórbida entre outras) ao pronto-socorro e ao hospital, a Integral Saúde desenvolveu o Programa de Gerenciamento de Crônicos que tem como foco principal Ações de Educação e Prevenção à Saúde.

    A operacionalização do Programa acontece por meio de uma equipe de Call Center Ativo e OMT (orientação médica telefônica) e, quando necessário, com visitas mensais de enfermagem in loco para avaliação e orientação tanto do paciente quanto dos familiares envolvidos. A forma como o Programa é realizado aproxima e fideliza o paciente e sua família, além de evitar a hospitalização, o que reduz expressivamente o sinistro da operadora.

  • Procedimento Pontual

    O Procedimento Pontual visa beneficiar não só pessoas com problemas de saúde, mas também as saudáveis. Pode ser realizado por um enfermeiro ou técnico de enfermagem, conforme a complexidade do procedimento. Como exemplo de atividades envolvidas no Procedimento Pontual, temos situações de término de antibióticos, curativos, passagem de sondas nasoenterais ou vesicais, curativos de cateter central, aplicações de medicamentos subcutâneos e/ou intramuscular e aplicações de anticoagulantes.

    É considerado um atendimento específico e por isso, inicialmente, é feito um planejamento, de comum acordo com o paciente, sua família e a operadora, com uma programação que determina o escopo e a duração do tratamento, a partir de uma análise técnica com base no diagnóstico e no prognóstico do paciente. O atendimento pode ser implantado com brevidade (a depender da complexidade do caso do paciente), proporcionando desospitalizações rápidas para termino de tratamentos em domicilio.

  • Atendimento Multiprofissional

    O Atendimento Multiprofissional contempla pacientes com dependência moderada e com necessidades de procedimentos especializados, no domicílio. A equipe envolvida nesse é composta por médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, assistente social e terapeuta ocupacional.

    Neste serviço, o paciente é avaliado para análise técnica e definição do Programa de Atendimento Domiciliar (PAD). Todo trabalho visa manter o paciente no domicílio, e para garantir a agilidade e a segurança é realizado o monitoramento das atividades, o que facilita a antecipação de todo tipo de emergência. Essa lógica, associada a uma visão mais humanizada da atenção à saúde, preserva os vínculos familiares e estimula a autonomia dos pacientes e seus familiares no cuidado à saúde.

    Ter uma equipe equilibrada, sem sobrecarga de funções, também faz parte da estratégia para manter a qualidade dos serviços, do ponto de vista clínico. Dessa forma, os pacientes podem ser acompanhados mais de perto.

  • Internação Domiciliar

    Pacientes acamados, mais complexos, porém com situação clínica estável. Esse é o perfil dos usuários aptos à Internação Domiciliar na Integral Saúde.

    Esse é um serviço que atende a pacientes de baixa, média e alta complexidade.

    • Casos de baixa complexidade: atendimento de 6h de Enfermagem com equipe multidisciplinar incluindo médico, fisioterapeuta, nutricionista, enfermeiro e o profissional de enfermagem que cuida do paciente no domicilio. Esses casos demandam cuidados simplesNas demais horas do dia, os cuidados ao paciente, mais simples, podem ser prestados pela família, ou por um cuidador contratado;
    • Casos de média complexidade: atendimento de 12 horas de Enfermagem. Esses pacientes podem apresentar necessidade de serem aspirados, receber oxigênio, ventilador intermitente e equipe multidisciplinar;
    • Casos de alta complexidade: atendimento de 24h de Enfermagem. Pacientes que necessitam de cuidados mais específicos, de equipe multidisciplinar, e, dependendo da situação, a visita do médico é requisitada semanal ou quinzenalmente.

    A Integral Saúde delegou a um profissional especializado a responsabilidade de estar presente em todo processo do atendimento, por meio do monitoramento do domicílio. A enfermeira case manager gerencia todas as atividades envolvidas no atendimento. Ela é informada das intercorrências clínicas e dos casos em que o paciente apresenta melhora, sinalizando o término do atendimento.



Gestão da Qualidade

No dia a dia da Integral Saúde a qualidade dos serviços prestados é representada por três aspectos fundamentais: segurança ao paciente, eficiência no cuidado e confiabilidade para o seu cliente. Desde 2014, a percepção da qualidade pelo usuário é acompanhada por uma empresa externa, que faz as pesquisas e encaminha à Integral os resultados, sinalizando imediatamente qualquer inconformidade para que a empresa possa agir. A metodologia utilizada, a Net Promoter Score, é reconhecida internacionalmente, e foi criada para medir a satisfação e a lealdade dos clientes, independente da área de atuação. O índice de crescimento da Integral é muito significante, se comparado aos resultados médios do mercado de saúde, ou mesmo do setor de serviços, de forma geral.

Com o intuito de melhorar o acompanhamento de seus indicadores de qualidade, a diretoria da Integral Saúde estruturou, no primeiro semestre de 2015, a área de Qualidade Corporativa. O objetivo foi de formalizar as rotinas e controles construídos ao longo dos sete anos de trabalho. A equipe vem cumprindo as metas de qualidade, apresentando redução de custos operacionais, otimização de prazos e melhorias na qualidade do atendimento; transformando o que foi planejado em resultados quantitativos e qualitativos.

O núcleo de qualidade faz parte das iniciativas, adotadas pela empresa, de governança corporativa, e todas as suas ações devem ser direcionadas com transparência, responsabilidade, orientação por consenso, igualdade, inclusividade, efetividade e eficiência.

  • Relatórios gerenciais

    Seguindo uma tendência observada nas maiores empresas do setor, a Integral Saúde desenvolveu uma ferramenta capaz de otimizar o processo de acompanhamento dos serviços prestados. Trata-se de um relatório gerencial que possibilita aos seus clientes, além de fazer o acompanhamento gerencial de suas operações e custos, acompanhar o desempenho da carteira, por meio de indicadores bastante objetivos, que seguem com comentários e observações da Área de Qualidade.

    Algumas das informações que estão sendo disponibilizadas no relatório:

    • Volume de pacientes ativos por produto
    • Faixa etária da carteira
    • Regionalização dos pacientes ativos
    • Número mensal de implantações
    • Ticket médio mensal
    • Taxa de Altas
    • Reinternações Hospitalares
    • Tempo médio entre a solicitação e a avaliação
    • Tempo médio entre a solicitação e a implantação
  • Segurança do Paciente

    Para atender o paciente em qualquer dos programas de atenção domiciliar, no caso de uma intercorrência clínica, a Integral disponibiliza uma central telefônica, o Pronto Atendimento Integral Saúde (PA), onde enfermeiros de plantão fazem uma triagem relativa à variação clínica apontada. O paciente faz o contato com a central e informa a intercorrência ao enfermeiro e todas as informações são passadas para o médico, em plantão 24h, que delibera a conduta a ser aplicada; a partir da notificação do caso. Funcionando 24 horas por dia, e de domingo a domingo, o serviço tem estrutura para atender as intercorrências com disponibilidade total.

    Mas o diferencial de qualidade da Integral está na busca pela manutenção da qualidade do serviço prestado. Para todo risco assistencial identificado, o PA faz uma notificação que é enviada ao Comitê de Segurança do Paciente que, toda semana, se reúne para formular um plano de ação e trabalhar para evitar os erros que por ventura tenham sido detectados; e, desta forma, formular protocolos para minimizar acidentes e o agravamento do paciente.